Jornadas Europeias do Património 2022 nos Monumentos do Algarve

A Direção Regional de Cultura do Algarve comemora as JEP – Jornadas Europeias do Património 2022, que se realizam de 23 a 25 de setembro, com um conjunto de atividades culturais nos seus monumentos (Fortaleza de Sagres, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe e Ruínas Romanas de Milreu) e no Mercado Municipal de Tavira.

O foco da temática das JEP deste ano – Património e Sustentabilidade – “reside no papel ativo das comunidades e do seu património no processo de construção de um futuro mais saudável e resiliente”, de acordo com a Direção Geral do Património Cultural, entidade responsável pela coordenação nacional. Desde sessões de cinema, projetos multidisciplinares, música antiga, exposições e música contemporânea, serão muitos os projetos que nos podem fazer refletir sobre como a sustentabilidade e o património se cruzam.

A Fortaleza de Sagres inaugura o ciclo “Cinema à Hora Certa” – Best of Avanca Film Festival, no auditório deste monumento, no dia 23 de setembro. Este é um projeto dinamizado por Isa Catarina Mateus, Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Cineclubes, através do Departamento de Cinema e Educação da Federação Internacional de Cineclubes.

Estão previstas várias sessões de curtas-metragens de animação, provenientes de várias partes do mundo, dirigidas a todas as idades, e que nos farão refletir sobre questões relacionadas com o meio ambiente, sustentabilidade, cidadania e ainda sobre a nossa relação com o mundo da Arte. “Cinema à Hora Certa” irá decorrer no auditório da Fortaleza de Sagres todas as sextas e sábados, até 15 de outubro, com sessões de hora a hora, com a primeira sessão agendada para as 11h00 e a última sessão para as 16h00. A lotação máxima de cada sessão é de 50 lugares, sendo a entrada gratuita para todos os residentes do concelho de Vila do Bispo.

No mesmo dia, 23 de setembro, “The Secret Museum of Mankind” apresenta-se nas Ruínas Romanas de Milreu, pelas 21h30.

Uma misteriosa e antiga enciclopédia fotográfica, típica de uma época em que, visto do Ocidente, o mundo se dividia entre civilizados e selvagens, serve de inspiração a João Nicolau e Mariana Ricardo, que nos irão proporcionar diferentes expedições multidisciplinares, performativas, feitas do encontro da fotografia, do cinema e da música, que vão dando vida, múltiplas vidas a um arquivo que é, no fundo, um arquivo da humanidade e da sua diversidade cultural. Projeto do Cineclube de Faro para o DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos. Entrada livre sujeita a reservas: [email protected]

Ainda, nas Ruínas de Milreu, o ciclo “Cinema nas Ruínas” apresenta no dia 24 de setembro, pelas 21h30, o filme “A Viagem de Pedro”, de Laís Bodanzky (2021).

Em 1831, D. Pedro deixa o Brasil independente rumo à Europa, a fim de preparar a luta contra o irmão Miguel pelo trono de Portugal, onde é tido como traidor. No meio do Atlântico, a bordo de uma fragata inglesa, misturam-se membros da corte, oficiais, criados e escravos, numa babel de línguas e de posições sociais. Projeto do Cinemalua Associação Cultural para o DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos. Entrada livre sujeita a reservas: [email protected]

“Segredos do Barroco” será apresentado na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, no dia 24 de setembro, pelas 17 horas. O Ensemble Gli Accenti é formado por músicos especializados na interpretação historicamente informada em cópias de instrumentos originais do século XVIII. O programa parte da relação próxima entre três compositores incontornáveis dessa época: G.P. Telemann, J. S. Bach e G.F. Haendel, verdadeiros mestres do Barroco. Projeto da Flautística – Associação de Flautas de Bisel do Algarve para o DiVaM. Entrada livre sujeita a reservas: [email protected]

O ciclo “Concertos ao Entardecer” apresenta o cantautor algarvio Mateus Verde, na Fortaleza de Sagres, domingo, dia 25 de setembro, pelas 18 horas. Com a voz, acompanhada pela guitarra eléctrica, cria música contemplativa e intimista inspirada na natureza e nos seus mistérios. Os seus temas vão desde um ambiente folk a paisagens atmosféricas e sonhadoras explorando sempre um imaginário misterioso e por vezes esotérico. Projeto promovido pela Associação ArQuente. Entrada livre sujeita a reservas: [email protected]

Na Fortaleza de Sagres, até 4 de outubro, está patente ao público a exposição de fotografia “Último Posto de Fronteira”, um trabalho de Jorge F. Marques, que nos fala “sobre a paz que uns miúdos, que conheci nos seus 11 anos, me ajudaram a encontrar no último posto de fronteira onde vivi”, o território de Vila do Bispo. Projeto promovido pela Questão Repetida – Associação Cultural.

A exposição “Gentes do Mercado, Convivialidades pelos UrbanSketchers Algarve” pode ser visitada no Mercado Municipal de Tavira, até 30 de setembro. Este é um projeto dinamizado pela DRCAlg, em parceria com a Resmalhar – Associação Cultural para a Sustentabilidade Local e a Associação Internacional de Paremiologia, e que conta ainda com o apoio da Câmara Municipal de Tavira.

Este é um projeto dinamizado pela DRCAlg, no âmbito da promoção da Dieta Mediterrânica, em parceria com a Resmalhar – Associação Cultural para a Sustentabilidade Local e a Associação Internacional de Paremiologia.